Buscar
  • luciele stochero

O uso das telas pelas crianças pode mesmo afetar a fala?

Vivemos rodeados de tecnologia 👩‍💻, as telas fazem parte do nosso dia a dia e consequentemente desde muito cedo já temos acesso e contato com elas.⁣



⁣

Porém, um número cada vez maior de estudos científicos têm relacionado o uso abusivo de celulares🤳, tablets e televisão📺 a diferentes problemas de saúde.⁣

⁣

Um estudo, recente, realizado pela Universidade de Toronto, no Canadá, avaliou mais de 1000 crianças entre os 6 meses e os 2 anos de idade, evidenciou que: 20% das crianças desta faixa etária já utilizavam aparelhos eletrônicos por cerca de de 28 minutos diários e que a cada meia hora a mais de convívio diário com as telas aumenta em 49% o risco de atrasos na fala👦.⁣

⁣


É importante lembrar que o atraso de fala não se dá unicamente pelo uso de “telas”, sendo geralmente decorrente do desenvolvimento da criança ou de causas multifatoriais, devendo sempre ser investigada.⁣

⁣

Baseados nestes estudos e nas recomendações da Organização Mundial da Saúde, a Sociedade Brasileira de Pediatria estabeleceu recomendações referente ao uso das telas, são algumas delas:⁣

⁣

⁣

📵Evitar a exposição de crianças menores de 2 anos às telas, sem necessidade (nem passivamente!);⁣

⁣

📺Crianças com idades entre 2 e 5 anos, limitar o tempo de telas ao máximo de 1 hora/dia, sempre com supervisão de Pais/cuidadores/responsáveis;⁣

⁣

📴Crianças com idades entre 6 e 10 anos, limitar o tempo de telas ao máximo de 1-2 horas/dia, sempre com supervisão de pais/responsáveis;⁣

⁣

🎮 Adolescentes com idades entre 11 e 18 anos, limitar o tempo de telas e jogos de videogames a 2-3 horas/dia, e nunca deixar “virar a noite” jogando.⁣

⁣

⁣

E os papais aí, o que acham destas recomendações? Como está sendo educar os pequenos em um mundo tão cheio de tecnologia e informação?




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo